O que é um diagrama de Gantt?

Um diagrama de Gantt é uma solução popular para visualizar o plano de um projeto ao longo do tempo, mostrando qual trabalho está programado para ser concluído, quando e por quem.

Usado corretamente, um diagrama de Gantt apresenta uma atualização rápida sobre o status do projeto e o que ainda deve ser feito antes da conclusão. Isso inclui informações relacionadas às subtarefas do projeto, datas de início e término de cada tarefa, demandas de tempo estimadas para cada tarefa, equipes e membros da equipe responsáveis por concluir cada tarefa, relações de dependência entre as tarefas e como elas dão suporte ao projeto geral, linhas do tempo das reuniões e aprovações e uma visão geral da programação do projeto do início ao fim.

Em poucas palavras, um diagrama de Gantt é projetado para comunicar exatamente o que precisa ser feito para garantir a conclusão bem-sucedida do projeto até um prazo estabelecido. Dessa forma, ele é amplamente utilizado no gerenciamento de projetos para coordenar equipes e recursos em relação a objetivos estratégicos.

O diagrama de Gantt moderno já era bem estabelecido em todos os setores desde o início da década de 1990, mas pode ter se originado muito antes, no fim do século XIX. Em 1896, o engenheiro polaco Karol Adamiecki criou o "harmonograma", a versão mais antiga conhecida do que, mais tarde, seria conhecido como diagrama de Gantt. Ao mesmo tempo, o engenheiro mecânico norte-americano Henry Gantt estava desenvolvendo ideias semelhantes sobre como organizar tarefas dos setores de produção.

Em 1923, o engenheiro de consultoria Henry Wallace Clark descreveu a estrutura, o uso e os benefícios do trabalho de Gantt em seu livro The Gantt Chart; a Working Tool of Management, batizando o termo diagrama de Gantt e estabelecendo-o no léxico moderno de gerenciamento. E, embora os primeiros diagramas de Gantt tenham sido desenhados à mão, o que os tornava inadequados para as crescentes complexidades dos avançados processos de fabricação da década de 1950, a introdução do software de computação retomou a funcionalidade do serviço dos diagramas de Gantt.

Hoje, os diagramas de Gantt estão entre as técnicas de planejamento e gráfico mais usadas do mundo.

A estrutura certa de TI gera uma colaboração e supervisão eficazes. Dessa forma, muitas organizações se veem defendendo ITSM/ITIL ou DevOps. Mas o comprometimento total com uma abordagem ou outra pode ser problemático.

ITSM/ITIL e DevOps não são mutuamente exclusivos; cada um deles tem suas próprias funções e objetivos. Neste artigo, apresentamos definições detalhadas de cada um e analisamos a relação entre eles:

Planejamento de projetos abrangentes

Os diagramas de Gantt permitem que todos os envolvidos visualizem o escopo completo do projeto, incluindo a duração do projeto, a ordem das tarefas, as responsabilidades e os recursos necessários. Isso simplifica muito as fases de planejamento envolvidas na preparação para projetos e oferece uma exibição geral e abrangente do trabalho necessário.
Gráfico de usos do diagrama de Gantt

Organização de projetos maiores para execução adequada

Grandes projetos com vários itens para entrega e que envolvem equipes ou departamentos inteiros podem se tornar complexos e difíceis de gerenciar. Os diagramas de Gantt permitem que os gerentes dividam os projetos grandes em tarefas menores e mais gerenciáveis, o que facilita a execução eficaz até mesmo das iniciativas mais complexas.

Facilitação do trabalho em equipe entre as tarefas

Conduzir projetos complexos da concepção à conclusão exige que os membros da equipe se comuniquem e colaborem com eficácia. Um diagrama de Gantt oferece transparência aos membros da equipe, detalhando claramente quais tarefas permanecem e quem está designado para concluí-las. Com uma exibição clara dos objetivos atuais, das próximas etapas, das dependências das tarefas e de quaisquer atrasos ou outros problemas que podem estar retardando o projeto, as equipes podem coordenar seus esforços sem negligenciar acidentalmente etapas importantes ou fazer um trabalho redundante.

Estimativa de cargas de trabalho e linhas do tempo

Devido às muitas variáveis diferentes associadas ao gerenciamento de projetos, pode ser difícil determinar com precisão quanto de esforço e tempo serão necessários. Os diagramas de Gantt são uma abordagem eficaz de estimativa da carga de trabalho e da linha do tempo, estabelecendo projeções confiáveis que podem ser usadas para programar prazos, criar orçamentos e alocar recursos.

Para os leigos, um diagrama de Gantt pode parecer intimidador. Mas a verdade é que eles são projetados para ser fáceis de usar. Com poucas instruções, qualquer pessoa pode se tornar proficiente na leitura de diagramas de Gantt rapidamente. Isso envolve reconhecer os vários elementos do diagrama e entender como eles funcionam juntos para apresentar uma contabilidade precisa do status do projeto e das próximas etapas.

Estes são os principais elementos de um diagrama de Gantt:

Lista de tarefas

A lista de tarefas está localizada verticalmente ao longo do lado esquerdo do diagrama. Ela descreve todas as tarefas do projeto, dividindo as tarefas maiores em subtarefas. Essas tarefas também podem ser agrupadas por departamento ou fase de produção.

Linha do tempo

A linha do tempo é exibida horizontalmente ao longo da parte superior do diagrama e detalha a duração estimada do projeto. Ela pode ser dividida em dias, semanas, meses ou mais. A linha do tempo incluirá as datas de início e término planejadas do projeto, bem como as datas de início das tarefas e subtarefas individuais.

Marcos

Os principais eventos, como aprovações, decisões, itens para entrega etc., são destacados no diagrama, ajudando as equipes a se concentrar nas datas e nos objetivos importantes.

Dependências

Muitas vezes, as tarefas essenciais dependerão da conclusão de tarefas anteriores. Essas dependências são identificadas no diagrama de Gantt e representadas por linhas que conectam as tarefas dependentes.

Tempo de atraso/espera

O tempo de atraso e o tempo de espera são dois elementos de um diagrama de Gantt que detalham a quantidade de tempo entre as tarefas. O tempo de atraso descreve o tempo entre o fim de uma tarefa anterior e o início de uma tarefa posterior. O tempo de espera é o tempo que essa tarefa anterior aguarda para ser iniciada.

Caminho crítico

Caminho crítico é a sequência mais longa de tarefas que devem ser realizadas a tempo para que o projeto seja concluído até o prazo.

Recursos

A seção de recursos se refere ao indivíduo ou à equipe designados para realizar tarefas específicas. O campo de recursos também pode incluir recursos de equipamento e recursos consumíveis, como suprimentos.

Aplicando tecnologia avançada de gerenciamento de TI e com base na premiada Now Platform, as soluções ServiceNow ITBM oferecem as ferramentas e os recursos para que as organizações direcionem os projetos para alcançar um valor comercial incomparável. O ponto central disso é a funcionalidade dos diagramas de Gantt de ITBM da ServiceNow, disponível no Planning Console.

O ServiceNow otimiza os diagramas de Gantt tradicionais. Incorporando a codificação por cores, esses diagramas de Gantt detalham de forma fácil e transparente o status das tarefas individuais e qual porcentagem já está concluída. Os ícones que são exibidos ao lado das tarefas mostram a qual fase cada item pertence, com um botão de alternância que mostra/oculta o caminho crítico. Também são incluídas opções para adicionar e excluir tarefas, alterar datas e dependências e acessar com precisão o andamento do projeto.

Avance seus diagramas de Gantt ainda mais e desfrute das vantagens do ServiceNow ITBM.

Gráfico que mostra a funcionalidade de diagramas de Gantt de ITBM da ServiceNow no Planning Console

Aprofunde-se no ServiceNow ITBM

Gere valor com uma estratégia alinhada de negócios e de TI usando nossa solução escalável de ITBM.