O que é manutenção preventiva?

A manutenção preventiva (também chamada de manutenção planejada) descreve a manutenção projetada para impedir a ocorrência de falhas e tempo de inatividade não planejado dos equipamentos.

Geralmente, equipamentos, máquinas, hardware e ferramentas são projetados para ter a vida útil mais longa possível. Infelizmente, em algum momento, o desgaste padrão causado pelo uso contínuo fará com que os equipamentos se tornem menos eficientes, menos eficazes e, por fim, sejam totalmente inutilizados. Mas, embora nenhuma máquina possa operar para sempre, existem etapas que os proprietários de equipamentos podem seguir para garantir a funcionalidade mais possível do hardware essencial.

Com manutenção preventiva regular e completa, o equipamento pode continuar a operar de forma eficaz além de sua vida útil designada.

Manutenção preventiva é um termo que inclui basicamente qualquer tarefa associada à manutenção de equipamentos. Geralmente, essas tarefas se enquadram em pelo menos uma das seguintes categorias:

Inspeções

As inspeções de manutenção preventiva examinam de perto a máquina como um todo, verificando áreas e realizando testes de equipamentos para identificar quaisquer problemas que possam precisar de correção. Esses problemas podem ser transformados em pedidos de trabalho para serem atendidos por uma equipe de reparo. Às vezes, as inspeções também incluirão pequenos reparos, calibrações ou ajustes (chamados de manutenção preventiva orientada a tarefas) para reduzir a quantidade de trabalho de reparo que será feito posteriormente.

Tarefas obrigatórias e não obrigatórias

Como o nome sugere, as tarefas obrigatórias são as responsabilidades pela manutenção preventiva que devem ser realizadas em intervalos regulares e predeterminados. Elas geralmente incluem verificações de segurança e conformidade. As tarefas não obrigatórias também são importantes, mas são mais flexíveis em termos de programação; elas geralmente são menos críticas que a manutenção obrigatória e, portanto, podem ser atrasadas sem riscos de penalidades ou falhas nos equipamentos. Ao criar uma lista de verificação de manutenção preventiva, pode ser eficaz designar tarefas como obrigatórias ou não obrigatórias.

Tarefas em pirâmide e não em pirâmide

Ocasionalmente, as tarefas de manutenção programada não serão concluídas dentro de um período alocado. Uma tarefa em pirâmide é aquela que atualiza as programações para anotar o cancelamento de uma tarefa de manutenção preventiva anterior e não realizada, e reatribui a data de vencimento para coincidir com a próxima manutenção programada. A tarefa atualizada incluirá uma explicação da tarefa perdida, bem como a anotação da data de vencimento original. Uma tarefa que não é em pirâmide elimina parte da documentação, cancelando a data perdida e reprogramando a tarefa, sem criar notas explicativas.

Às vezes, a manutenção preventiva pode parecer desnecessária e excessivamente demorada. Afinal, se não há nada quebrado, por que fazer reparos? Mas a verdade é que realizar essas tarefas essenciais de manutenção planejada oferece várias vantagens, não apenas tranquilidade.

Aumentar a vida útil dos equipamentos

Certifique-se de que pequenos problemas não se tornem grandes; a manutenção preventiva identifica e corrige possíveis problemas e ajuda a manter o dispendioso hardware funcionando por mais tempo.

Redução do tempo de inatividade

Ao programar previamente pequenas tarefas de manutenção, os negócios podem minimizar o tempo de inatividade dos equipamentos. A manutenção preventiva também permite que as organizações programem quando os equipamentos ficarão offline para manutenção, em vez de ter que responder imediatamente a falhas inesperadas e muito mais demoradas dos equipamentos.

Manter os acordos de nível de serviço

Os SLAs (Service Level Agreements, acordos de nível de serviço) definem o nível de serviço que deve ser esperado de um fornecedor de equipamentos. A manutenção preventiva pode ser incluída nesses acordos e a não realização das tarefas definidas pode resultar em penalidades monetárias ou outras.

Aumentar a visibilidade sobre os ativos

A manutenção regular proporciona aos negócios informações aprimoradas sobre máquinas e como elas são usadas. Isso pode incluir o histórico de serviço do ativo e incorporar muitas métricas importantes.

Aprimorar a segurança

Quando as máquinas ficam sem manutenção, muito mais do que apenas os próprios equipamentos podem estar em risco. Um hardware defeituoso pode facilmente se tornar um risco no local de trabalho, podendo causar lesões nos operadores ou em outras pessoas. A manutenção preventiva ajuda a reduzir esses perigos.

Garantir a conformidade

Os padrões ajudam a garantir que os equipamentos operem de acordo com os requisitos pré-estabelecidos de segurança, sustentabilidade ambiental e muito mais. A manutenção preventiva regular garante que esses padrões sejam sempre atendidos, o que permite que os negócios façam pequenos ajustes ou solucionem problemas importantes que possam resultar em não conformidade.

Aumente a produtividade

Máquinas bem conservadas são muito mais propensas a operar com eficiência, proporcionando mais retorno do investimento. Ao mesmo tempo, a redução do tempo de inatividade dos equipamentos se traduz em maior produtividade dos funcionários que dependem de hardware funcional para realizar seus trabalhos.

Reduzir o uso de energia

Em geral, máquinas sem manutenção se tornam menos eficientes no uso de energia. A manutenção planejada mantém os equipamentos funcionando da melhor forma por mais tempo, reduzindo o uso de energia e diminuindo o custo associado e o impacto ambiental.

Diminuir os custos

Independentemente de estar associado a violações de SLAs ou de conformidade, à diminuição da produtividade de máquinas e empregos ou ao aumento do uso de energia, o tempo de inatividade dos equipamentos pode custar muito dinheiro para as organizações. A manutenção preventiva pode reduzir ou eliminar muitos desses custos, resultando em melhores resultados financeiros em toda a empresa.

Embora todas as máquinas provavelmente precisem de um cronograma de manutenção preventiva, saber como estabelecer esse cronograma pode ser difícil. Os requisitos variam de equipamento para equipamento e de acordo com as operações que cada um realiza.

As organizações devem definir suas tarefas de manutenção preventiva em torno de padrões estabelecidos do setor, considerando quaisquer circunstâncias que possam ser exclusivas do seu negócio. Além disso, a maioria dos fornecedores de equipamentos fará suas próprias recomendações de manutenção. Alguns negócios vão optar por adotar uma abordagem ainda mais cautelosa, aumentando a frequência das tarefas de manutenção preventiva para além dos padrões preestabelecidos.

Embora a manutenção preventiva certamente seja uma consideração essencial, ela traz consigo certos desafios e desvantagens.

Programar

Programar tarefas regulares de manutenção para equipamentos essenciais é uma tarefa em si que requer investimento de tempo e esforço. E, em vez de simplesmente anotar tarefas em um calendário, a maioria das organizações deve alternar entre várias ordens de manutenção para levar em conta as dependências, garantir que as tarefas não sejam ignoradas e reduzir o tempo de inatividade o máximo possível. Isso pode ser difícil sem uma ferramenta confiável de planejamento da manutenção.

Comprovar a conformidade

Quando há muitas tarefas de manutenção diferentes para realizar, pode ser fácil esquecer de documentar devidamente as ordens concluídas. Mas a documentação existe para comprovar a conformidade e garantir que a manutenção esteja sendo executada corretamente e dentro do prazo. As soluções de planejamento da manutenção podem ajudar a garantir a documentação correta de todas as tarefas concluídas.

Capturar dados confiáveis

O primeiro passo para aprimorar a produtividade e a eficiência é capturar uma imagem precisa de como os equipamentos estão funcionando. As ferramentas de planejamento da manutenção podem capturar dados vitais e confiáveis com base em métricas estabelecidas, para que as organizações possam se esforçar para melhorar a eficiência das máquinas.

Equilibrar tarefas

Uma coisa é saber quais tarefas precisam ser realizadas; saber quanto tempo alocar para cada tarefa é algo totalmente diferente. Com o planejamento da manutenção, os negócios têm uma visão clara de todo o conjunto de responsabilidades da manutenção preventiva. Isso permite um melhor equilíbrio de tarefas.

O planejamento da manutenção enfrenta os desafios inerentes à programação e à realização de tarefas de manutenção preventiva. O processo de planejamento da manutenção consiste em cinco etapas principais:

Definir objetivos e prioridades

Ter objetivos e prioridades predeterminados ajuda a garantir que as tarefas de manutenção sejam priorizadas corretamente. Isso permite uma distribuição de recursos mais eficaz. À medida que os negócios crescem ou que as condições mudam, talvez eles precisem reavaliar e restabelecer a priorização para se adaptar a novos objetivos.

Listar ativos e tarefas

A próxima etapa é fazer um inventário completo de todas as máquinas, categorizadas em famílias de equipamentos específicos. Essa lista deve incluir termos de garantia relevantes, recomendações de manutenção, dados operacionais disponíveis, histórico de manutenção e reparo e exigências legais.

Gerenciar prioridades e recursos

Com objetivos claramente definidos e ativos e tarefas totalmente catalogados, é hora de priorizar as tarefas com base na criticalidade e na disponibilidade dos recursos. Leve em consideração o que precisa ser feito, o que você tem os recursos para fazer e onde os dois se sobrepõem.

Definir indicadores de desempenho

Com o plano quase concluído, a etapa final é estabelecer KPIs para medir o sucesso dele. Embora as principais métricas possam variar com base no setor e nos equipamentos, os indicadores de desempenho comuns incluem a porcentagem de manutenção concluída, as taxas de conformidade, a eficiência dos equipamentos, o tempo médio entre falhas de equipamentos, os custos totais de manutenção e o retorno do investimento.

Revisar e aprimorar

Um plano de manutenção não deve apenas descrever o que precisa ser feito e quando. Ele também deve ajudar a identificar áreas para melhoria. A revisão do plano revela as áreas em que as tarefas de manutenção podem ser menos necessárias, em que as avarias poderiam ter sido evitadas e quais equipamentos podem precisar de mais manutenção daqui para a frente. Isso ajuda a garantir que o planejamento da manutenção se torne mais eficaz ao longo do tempo.

Estima-se que a falha não planejada dos equipamentos e que os reparos necessários sejam nove vezes mais dispendiosos do que simplesmente planejar e realizar a manutenção preventiva. Mas fazer malabarismos com as tarefas de manutenção preventiva para ter o mínimo de tempo de inatividade e a produtividade ideal pode ser uma iniciativa extremamente complexa. O ServiceNow Field Service Management simplifica todo o processo de manutenção preventiva.

O ServiceNow Field Service Management inclui um aplicativo de manutenção planejada projetado para que você aproveite ao máximo seus cronogramas de manutenção com o mínimo de confusão. Os principais planos de manutenção detalham condições, programações e registros essenciais para que você possa desfrutar da exibição mais clara possível do que foi concluído, do que precisa ser concluído e de como tudo isso afeta a sua organização. As programações também podem ser automatizadas para serem acionadas com base em condições ou eventos relacionados.

Além disso, o Field Service Management permite que você crie modelos de pedido de trabalho que podem criar automaticamente tarefas, dependências de habilidades e requisitos de peças. Esses modelos são facilmente personalizáveis para atender a necessidades específicas.

A manutenção preventiva é essencial para garantir a disponibilidade e a produção ideais dos equipamentos. Da mesma forma, o planejamento da manutenção é essencial para garantir que as tarefas eficazes de manutenção preventiva sejam concluídas corretamente, dentro do prazo e com base em prioridades e objetivos estabelecidos. Com o ServiceNow Field Service Management, as organizações podem facilmente criar e concluir planos de manutenção para aproveitar seus equipamentos ao máximo.

Conheça melhor o ServiceNow Field Service Management

Gerencie o trabalho baseado na localização com eficiência e segurança para oferecer um excepcional atendimento ao consumidor em campo.